10 de dez de 2009

Piores Empresas 2009

Esse post foi um toque do Murilo.

No primeiro dia da Conferência de Copenhage (Cop–15), mobilização global para a mudança climática, a Consumers International (CI) divulga o “Prêmio Piores Empresas 2009”, exclusivamente sobre a publicidade enganosa de algumas empresas para defender suas prática ecológicas.

Realizado pelo terceiro ano consecutivo, a comunidade internacional contou com a indicação das 220 organizações membros, de 115 países, das quais o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) faz parte, para a análise em nível mundial. As empresas Audi, BP, EasyJet, Microsoft e CO2 is Green foram “premiadas” por exagerar nas informações em publicidade socioambiental. Vídeos das campanhas e categorização dos prêmios em: www.consumidoresint.org


O objetivo da “premiação” da CI, em meio às atuais negociações sobre o clima, é alertar para a emergência de credenciais ecológicas corretas, a fim de defender o direito do consumidor à informação confiável e veraz, sobre o impacto ambiental de produtos e serviços, para favorecer o consumo responsável.

O Idec, representante da CI no Brasil, auxilia para que a organização faça campanhas em favor dos consumidores, no mundo todo. Segundo Lisa Gunn, coordenadora-executiva do Idec, é fundamental também incentivar o papel do consumidor dentro do plano de ações de cada país, empresa, ou indivíduo, para o combate ao aquecimento global.

Leia mais>>

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails