27 de out de 2011

Populações atingidas por Belo Monte ocupam canteiro e fecham transamazônica.


Cerca de 300 indígenas, pescadores e ribeirinhos da bacia do rio Xingu estão acampados pacificamente, desde a madrugada de hoje, no canteiro de obras de Belo Monte para exigir a paralisação das obras da usina hidrelétrica, em Altamira, no Pará.  A rodovia Transamazônica, na altura do quilômetro 50, também foi interditada. O protesto não tem prazo para terminar.
“Diante da intransigência do governo em dialogar e da insistência em nos desrespeitar, ocupamos a partir de agora o canteiro de obras de Belo Monte e trancamos seu acesso pela rodovia Transamazônica. Exigimos que o governo envie para cá um representante com mandado para assinar um termo de paralisação e desistência definitiva da construção de Belo Monte”, diz a declaração dos Povos do Xingu contra Belo Monte...

Leia o restante do post aqui
(via Movimento Xingu Vivo para Sempre.)

Leia mais>>

24 de out de 2011

Celebridades comentam o novo Código Florestal.



Em análise no Senado, o novo Código Florestal brasileiro levanta discussões acaloradas em todas as esferas da sociedade. Exemplo disso é a campanha #florestafazadiferença, que lançou nesta terça os primeiros de uma série de vídeo-depoimentos com personalidades acadêmicas e do meio artístico. 

Os vídeos foram gravados por nomes como Wagner Moura, Gisele Bündchen, Denise Fraga, Rodrigo Santoro, Ricardo Abramovay, Fernanda Torres, Alice Braga, Marcos Palmeira, Solange Teles da Silva, Bruna Lombardi, Maria Flor e José Eli da Veiga. Por trás da mobilização do grupo, formado por 25 pessoas, está o cineasta Fernando Meirelles, que também deixou seu depoimento. 

Nas gravações, feitas em webcams, câmaras pessoais e celulares, a mensagem dominante é na verdade um pedido: de que os senadores não permitam mudanças prejudiciais para a atual legislação florestal. A campanha #florestafazadiferença foi criada pelo Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável é uma coalizão formada por 152 organizações da sociedade civil brasileira contrárias ao novo projeto de lei (PLC 30/2011) aprovado pela Câmara dos Deputados. 

Confira os depoimentos já disponíveis do cineasta Fernando Meirelles, a modelo e ativista ambiental Gisele Bündchen, dos economistas José Eli da Veiga e Ricardo Abramovay, a atriz Alice Braga e os atores Wagner Moura e Marcos Palmeira.






Leia mais>>

14 de out de 2011

III Fórum de Desenvolvimento Sustentável.

Este post é de autoria de George Isaias Melo
Mario Garnero, presidente do Brasilinvest, realizou a terceira edição do Fórum de Desenvolvimento Sustentável 2011, com iniciativa do Fórum das Américas e da Associação das Nações Unidas - Brasil (ANUBRA). O encontro aconteceu no dia 26 de setembro em Nova York.
O tema proposto foi ‘Brasil: a Nova Economia Verde Global’, onde se discutiu a importância do desenvolvimento sustentável nos negócios, na política e na sociedade.
O 3º Fórum de Desenvolvimento Sustentável abordou soluções verdes que estão sendo empregadas no Brasil e a forma como o país está liderando a economia verde no mundo, além dos projetos inovadores, ideias e tecnologias ambientalmente sustentáveis que estão e serão desenvolvidos.
Empresários, acadêmicos e políticos palestraram, entre eles estão: o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza; o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton; o vice-presidente do Brasil, Michel Temer; o ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim.
O conceito de desenvolvimento sustentável, que tem sua origem na Primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, em Estocolmo, Suécia, em 1972, ganhou importância internacional a partir da Rio92, onde se firmou um acordo entre as nações, a Agenda 21, a fim de alcançar um objetivo comum: a economia verde.
 O ex-presidente norte-americano Bill Clinton encerrou o fórum falando sobre o potencial do Brasil em desenvolvimento sustentável. Para ele, o país demonstra maturidade democrática, crescimento econômico sustentável e cada vez uma melhor distribuição de renda, mas é preciso enxergar o presente e não só pensar no futuro.
Leia mais>>

10 de out de 2011

Gigante pela Própria Natureza.

Este post é de autoria da Paula Andreta.



Pela primeira vez uma campanha publicitária do whisky escocês Johnnie Walker tem o Brasil como cenário. A publicidade mostra a cidade do Rio de Janeiro, com suas belas paisagens e praias, lembrando um pouco o filme produzido pelo Brasil para a candidatura à sede da Copa do Mundo em 2014. Nela, o morro "Pão de Açúcar", como se tivesse acordado de um sono profundo, toma formas humanas e sai caminhando em direção ao mar. Logo em seguida, surge a frase "O Gigante não está mais adormecido" seguido do slogan "Keep Walking", que, desta vez vem acrescido da palavra "Brazil" (com "z").

O vídeo, que está acessível no youtube, vem acrescido de uma bela mensagem à moda Camoniana que diz que o Gigante, até então adormecido, agora olha para o horizonte e dá os primeiros passos para seu destino, um destino que é medido não pela grandeza do país, mas pelos tamanhos dos passos que dá.

Segue texto que está na página do You tube do Johnnie Walker na íntegra:
"No início dos tempos, na parte sul das Américas, habitava um gigante. Um dos poucos que andavam sobre a Terra.
Gigante pela própria natureza, e sendo natureza ele próprio, era feito de rochas, terra e matas, que moldavam sua figura. Pássaros e bichos pousavam e viviam em seu corpo e rios corriam em suas veias. Era como um imenso pedaço de paisagem que andava e tinha vontade própria.


Caminhava com passadas vastas como vales e tinha a estatura de montanhas sobrepostas. Ao norte, em seu caminho, encontrava sol quente e brilhante nas quatro estações do ano. Ao sul, planaltos infindáveis. A oeste, planícies e terras cheias de diversidade. E a leste, quilômetros e quilômetros de praias onde o mar tocava a terra gentilmente, desde sempre. Havia também uma floresta como nenhuma outra no planeta. Tão grande, verde e viva que funcionava como o pulmão de todo o continente à sua volta.
Mesmo diante de tudo isso, um dia, enquanto caminhava, o gigante se inquietou.
Parou então à beira-mar e ali, entre as águas quentes do Atlântico e uma porção de terra que subia em morros, deitou-se. E, deitado nesse berço esplêndido, olhou para o céu azul acima se perguntando: "O que me faz gigante?".


Em seguida, imaginando respostas, caiu em sono profundo.

Por eras, que para os gigantes são horas, ele dormiu. Seu corpo gigantesco estirado, o joelho dobrado formando um grande monte, uma rocha imensa denunciando seu torso titânico e a cabeça indizível, coberta de árvores e limo.

Dormiu até se tornar lenda no mundo. Uma lenda que dizia que o futuro pertencia ao gigante, mas que ele nunca acordaria e que o futuro seria para ele sempre isso: futuro.
No entanto, com o passar do tempo ficou claro que nem mesmo as lendas devem dizer "nunca".


Depois de muito sonhar com a pergunta sobre si, o gigante finalmente despertou com a resposta.

Acordou, ergueu-se sobre a terra da qual era parte e ficou de frente para o horizonte.
Tirou então um dos pés do chão e, adentrando o mar, deu um primeiro passo.
Um passo decidido em direção ao mundo lá fora para encontrar seu destino.
Agora sabendo que o que o faz um gigante não é seu tamanho, mas o tamanho dos passos que dá."

O vídeo, primeira campanha local da marca, ao enaltecer o Brasil, acaba por demonstrar a importância do país no cenário mundial. O Brasil passa a ser visto como "uma nova potência emergente" e um interessante mercado para se investir.

Apesar de ninguém ter cara de brasileiro no filme, a campanha é uma grande homenagem da Johnnie Walker à nossa "Terrinha".

Leia mais>>

5 de out de 2011

Reciclar sempre.

Este Post é de autoria de Luiz Fernando Severo.

Esse já é um assunto muito falado, porém ainda não incorporamos na nossa rotina a separação do lixo para reciclagem, ou seja, o ato simples de separar o lixo seco daquele que é impossibilitado para o reaproveitamento, tratado como o lixo úmido.

Esse hábito acarreta graves consequências para o meio ambiente e consequentemente para nós, que deixamos de enxergar o planeta como um lar que precisa de cuidados. A importância desta mudança acontecer o quanto antes é de extrema urgência, já que que o correto destino dado a objetos como garrafa pet, papel, lata de alumínio e embalagens Tetra Pak diminuiria os índices de poluição.

Vale ressaltar, que há materiais que superam os 100 anos para se decompor na natureza, é o caso do plástico e de alguns metais, e mesmo que não aconteça a coleta seletiva em seu bairro éimportante a separação, pois facilita o trabalho dos profissionais que fazem decatar lixo a sua renda.

O Governo do Estado de São Paulo está começando a fazer a parte dele, com a divulgação de propagandas que falam das necessidades deste tipo de reaproveitamento. Agora, falta nós começarmos afazer a nossa: vamos ajudar a destinar parte dos 241.614 toneladas de lixo* que são produzidos no Brasil para uma das atividades mais sustentáveis que conheço: a reciclagem.

Veja e vídeo abaixo e comente sobre suas iniciativas para um mundo melhor.

Leia mais>>

2 de out de 2011

Você se comporta como um animal quando usa o transporte público?

Esse post vem do Blue Bus.

Será que uma campanha desse estilo nao cairia bem em muitas cidades brasileiras? Pensando naquelas pessoas que não conseguem manter o mínimo de civilizaçao no transporte coletivo, a Publicis criou uma nova campanha para a RATP - a operadora de transporte público de Paris. As peças comparam atitudes mal educadas com o comportamento de animais e sugerem - 'Vamos permanecer humanos no transporte público'.



Vc se comporta como um animal quando usa o transporte público? Veja essa campanha

Leia mais>>

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails