26 de mar de 2012

Viva o jornal? Viva a Propaganda

Por que a nova campanha do Estadão é boa? Ou (para usar os chavões atuais do mercado) Por que a campanha é "relevante" e "pertinente"? Porque nesses tempos em que a campanha nas mídias tradicionais é chamada de "Old School", é preciso vir o velho e bom filme publicitário para nos convencer com 3 argumentos: o diagnóstico de que não é possível absorver tanta informação, que estamos todos ficando malucos com essa overdose e que, o que queremos mesmo, é ter uma fonte confiável. Vcs podem colocar todas as aspas ou interrogações no adjetivo "confiável" ligado ao Estadão, pois o próprio veiculo já expôs e assumiu qual é a sua opção partidária atual, por exemplo (esse seria tema p outro post). Mas essa campanha talvez se torne um turn point nessa balela que diz toda campanha agora tem que ser da "new school", ou seja, fragmentada, dirigida, tão eficiente mas que ninguém vê ou comenta na mesa de bar. Nesses tempos em que os grandes players do mercado andam tratando tão mal as suas agências é bom ver a WMcCann em grande forma para o Estadão, mostrando que a propaganda vai continuar sendo sim um jeito persuasivo e valioso de contar histórias.
PS.: no mesmo intervalo do Fantástico em que foi ao ar ontem esse filme do Estadão, foi também o da Claro c o Neymar, o da Nova Schin (invisível) e outros q não lembro ao certo agora, todos tão sem graça e tão primários em suas tentativas de entreter, dando ainda mais destaque p o filme do Estadão.


Leia mais>>

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails