26 de mar de 2012

Viva o jornal? Viva a Propaganda

Por que a nova campanha do Estadão é boa? Ou (para usar os chavões atuais do mercado) Por que a campanha é "relevante" e "pertinente"? Porque nesses tempos em que a campanha nas mídias tradicionais é chamada de "Old School", é preciso vir o velho e bom filme publicitário para nos convencer com 3 argumentos: o diagnóstico de que não é possível absorver tanta informação, que estamos todos ficando malucos com essa overdose e que, o que queremos mesmo, é ter uma fonte confiável. Vcs podem colocar todas as aspas ou interrogações no adjetivo "confiável" ligado ao Estadão, pois o próprio veiculo já expôs e assumiu qual é a sua opção partidária atual, por exemplo (esse seria tema p outro post). Mas essa campanha talvez se torne um turn point nessa balela que diz toda campanha agora tem que ser da "new school", ou seja, fragmentada, dirigida, tão eficiente mas que ninguém vê ou comenta na mesa de bar. Nesses tempos em que os grandes players do mercado andam tratando tão mal as suas agências é bom ver a WMcCann em grande forma para o Estadão, mostrando que a propaganda vai continuar sendo sim um jeito persuasivo e valioso de contar histórias.
PS.: no mesmo intervalo do Fantástico em que foi ao ar ontem esse filme do Estadão, foi também o da Claro c o Neymar, o da Nova Schin (invisível) e outros q não lembro ao certo agora, todos tão sem graça e tão primários em suas tentativas de entreter, dando ainda mais destaque p o filme do Estadão.

7 comentários:

Murilo disse...

Disse tudo.

Marcos Carlini disse...

Essa campanha parece seguir o posicionamento anterior do Grupo Estado - a idéia é vender conhecimento e não informação. Nunca acreditei que informação fosse conhecimento e muito menos que o jornal fosse capaz de transmitir, hoje em dia, um ou outro. Mesmo que louvemos o esforço da agência em diferenciar o jornal de seus concorrentes diretos e indiretos, a premissa e o conceito que contem a premissa parecem muito frágeis. Só envelhecem, ainda mais, o meio. M. Carlini

Luiz Fernando disse...

Eu acho muito interessante quando uma propaganda briga com o meio no qual está inserido e não com outra marca (como o eterno caso de Coca Cola e Pepsi).
Neste caso, o Estadão se coloca frente a tecnologia, da mesma forma que a Visa com o case "Bala de troco" falava contra o dinheiro, e a Master Card mau se identificava como uma marca concorrente. O mundo publicitário é mesmo incrível e o mercado então, inexplicável! E é exatamente aqui que entramos juntos para decifra-lo.

Conceição disse...

Marcos Carlini, gostei do seu comentário mas acho q essa ideia de contrapor a tecnologia, c imagens de tipografias, caneta tinteiro, ou seja, a velha forma de fazer jornal pode passar uma ideia de "velho", mas tb a mim me sugeriu uma vontade de surfar nessa onda retrô q se vive na cultura midiática... o "vintage" q é cult e descolado?

Reginaldo Nepomuceno disse...

É praticamente um manifesto do jornal (e por que não dizer do Washington Olivetto) frente aos novos tempos: "Estou velho, mas as pessoas ainda ouvem o que tenho a dizer".

Marcos Carlini disse...

É uma tentativa Con...não sei se você sabe, trabalho para esses caras. É uma empresa perdiiiiiidaaaa. Envolta em escândalos, disputas familiares e com um CEO que tenta acertar o passo.

Hoje eles 'surfam' numa onda exatamente contrária a que vc e a comunicação sugerem (o vintage, cool, etc...). Lá só se fala em MULTIPLATAFORMA (ESPN Estadão, Tablets, Estadão Digital e o próprio papel). Não sei...até gostaria, uma hora, de trocar figurinhas.

M.Carlini

Marcos Carlini disse...

Só para completar. Comunicação (propaganda direta, indireta, através de virais, merchans, etc..) e Jornal são NEGÓCIOS.

Acho, então, que um peça publicitária, uma campanha tem, sempre, que ser avaliada levando-se em conta o brand key da empresa...ou em palavras leigas, aquilo em que a empresa aposta como negócio, não é não.

Embora W seja um publicitário respeitado...não tenho muita certeza, nesse caso, que empresa e agência estão andando juntas.

M.Carlini

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails