11 de dez de 2008

Piauí: Mobilizando contra a sujeira

Neste ultimo domingo (07/12), estava voltando do Pq. do Ibirapuera, com a minha namorada, andando pela calçada da av. Paulista quando vi uma escultura produzida com cigarros, denunciando a sujeira e um homem com dreads, folhetos e disposição para conversar com pessoas que passavam por ali.

Paramos para conversar com o homem, que se identificou como Piauí, um artista, que por sua habilidade e capacidade de raciocínio, poderia como qualquer outro estar empregado em uma agência, ou produzindo arte de galeria, o que lhe traria um retorno econômico algumas vezes mais do que divulgar sua obra e receber doações.

Seu argumento para estar ali, fazendo o que faz, foi o de que o planeta não tem mais tempo a esperar, as ameaças são iminentes, e se sua postura fosse de simplesmente continuar explorando o planeta como a maioria vem fazendo, em breve não existiria mais planeta para ninguém explorar.

Piauí, assim como a maioria dos homens de sua idade possui uma família, tem filhos para criar, precisa como qualquer outro de dinheiro, mas o que ele percebeu é que se continuar usando suas habilidades unicamente para garantir maiores ganhos econômicos, luxo e conforto certamente não terá um futuro para ele e sua família.

Ele, assim como poucos, conseguiu perceber que trabalhar o tripé da sustentabilidade não é apenas para grandes corporações e governos, mas para todos nós, para mim e para você.


foto retirada de: www.pagina22.com.br

1 comentários:

Renata disse...

Muito bom, Vitório. Através da ação do Piauí, você foi mobilizado e está mobilizando a todos nós.
Que bom seria se todos nós fôssemos "Piauí's"...
Abraços a todos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails