10 de dez de 2008

TOP 5 _ Filmes de Empresas com Msg Responsável

Assista aos 5 filmes e diga qual vc prefere.

1. Da seguradora Mutual Liberty (Campanha lançada em 2006 com o tema. Responsabilidade: qual é a sua?). Sem dúvida, um filme persuasivo.
http://br.youtube.com/watch?v=wMwoexR1evo

2. Fiat: campanha antiga que desafia a "efemeridade" da propaganda. Lançamento do novo fiat Palio em 2003, com o mote "Você precisa rever seus conceitos".

http://br.youtube.com/watch?v=Us-1ncVswNk
Criação: Marcelo Reis, Felipe Luchi
Agência: Léo Burnett
Em outro filme, "Presidente", um executivo pensa que está falando com a secretária do presidente de uma empresa. Depois fica sabendo que, na verdade, ela é a própria presidente. Não achei no You Tube, se alguém souber de um link, por favor, nos avise.

2. Skol – Motorista da rodada: se for dirigir não beba.

Filme de oportunidade veiculado em 2008, logo após a promulgação da lei seca na cidade São Paulo. O mais interessante é mostrar que o apelo responsável pode ter humor.
http://br.youtube.com/watch?v=jW_awJihp94

criação: EDUARDO LIMA / MARCELO NOGUEIRA / ALEXANDRE
agência: F/NAZCA Saatchi & Saatchi
produtora de filme: CINE

3. Comercial Seagram’s de 1973. Filme histórico e visionário da DPZ, que viu 30 anos antes a importância de uma abordagem responsável.
http://br.youtube.com/watch?v=FUw7ys99xs8

4. Banco Real. Comercial “Interessante”.
http://www.portaldapropaganda.com/vitrine/tvportal/2007/09/0049
O comercial narra cada surpresa positiva que o banco teve ao apostar um uma idéia que envolvia riscos e desafiava as regras do mercado. Filme de idéia, que não onera a produção. Excelente texto.
Criação: João Livi e Leo Macias
Produtora do filme: Piloto
Agência: Talent

5. Natura. A Floresta está em Você
http://br.youtube.com/watch?v=mh7xZArl5vI&feature=channel
Produto: Ekos
Criação: Marcelo Lucato, Rodrigo Vezzá, Paulo Leite
Agência: Taterka
Produtora: TVC
Há alguns comentários acusando esse filme de clichê. Ora, sabe-se que a criação das campanhas de Natura sempre ousou na linguagem, mas se a Revolução Industrial fez desaparecer o produtor aos olhos do consumidor, fetichizando a mercadoria, é pertinente que um comercial faça justamente o contrário. E a trilha é muito boa.

0 comentários:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails