6 de nov de 2010

Rio Grande do Sul contra a AIDS

Esse post é de autoria do Raphael Souza.

O dia 1º de Dezembro é conhecido mundialmente como dia Mundial de Combate à AIDS. Ele foi criado em outubro de 1987 por uma decisão da Assembleia Mundial da Saúde, principal órgão controlador da OMS ( organização Mundial da Saúde ), para reforçar a solidariedade e servir como um marco para a conscientização da população mundial sobre a gravidade do problema que já afeta mais de 40 milhões de pessoas segundo a UNAIDS (Programa das Nações Unidas para o Combate à AIDS). O dia foi implantado no Brasil no ano seguinte.

Tendo em vista tais fatos, a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul e a agência Escala resolveram criar uma ação onde houvesse uma interação maior por parte do público: no dia 1º de Dezembro de 2007, instalaram um painel em frente ao Mercado Público de Porto Alegre, onde os pedestres poderiam retirar seus preservativos. Mais de 450 camisinhas estavam coladas no painel, e ficavam dispostas de modo a formar a palavra AIDS (veja nas fotos acima). A demanda pelos preservativos foi tão grande que outras camisinhas tiveram que ser coladas para o público. No painel ainda estavam impressas as frases: Pegue a sua camisinha e ajude na luta contra a AIDS. Previna-se contra a AIDS e outras DST.

A ação repercutiu em paises como Itália, Estados Unidos, França, Holanda e Rússia. Criação de Diego Wortmann, Rafael Koff e Marcelo Rosa, ela se destacou no 33ª Anuário do Clube de Criação de São Paulo, onde recebeu medalha de Bronze na categoria Mídia Exterior/Outdoor. Ação, na minha opinião, Genial. E você, o que achou da ideia? Não esqueça de dar sua opinião.

Sites consultadas:
www.onu-brasil.org.br
www.aids.gov.br
www.estado.rs.gov.br
http://ccsp.com.br/anuarios/anuarios.php?ano=33&premio=&c=O

5 comentários:

Raphael Maestro disse...

Como disse, uma ação Genial. Acredito que o impacto dos pedestres ao ver o painel fez com que eles acabassem pegando alguns preservativos e, de fato, ajudassem a acabar com a AIDS.

Luiz Fernando disse...

Precisamos de mais campanhas criativas como esta na televisão. ao meu ver, ainda se tem um certo pudor quando se fala de sexo e consequentemente camisinha...só conseguimos ver comentários ou esclarecimentos sobre este assunto em programas "alternativos" e tarde da noite, quando na verdade, sabemos que tem muitos jovens que começam a vida sexual bem antes do que se crê na nossa sociedade falso-moralista.

Patty Mayumi disse...

Achei essa campanha bem criativa também, muito boa.
Mas como o Luiz disse ainda se tem um certo pudor ao falar de sexo e preservativos e acho que se pode considerar até um certo preconceito em relação a pessoas com AIDS, o que é muito triste e acaba dificultando campanhas de prevenção.

Raphael Maestro disse...

A falta de debates sobre sexo e DST acabam por influenciar a expansão "silenciosa" de doenças como AIDS e HPV(doença relacionada a mais de 99,7% dos casos de câncer do colo do útero e que infectam 50% a 80% das mulheres sexualmente ativas segundo o Instituto Nacional do Câncer). Não se vê um debate aprofundado sobre o assunto na porcaria da tv brasileira, muito menos na massificada tv aberta que "tem a necessidade" de atingir um público cada vez maior. Entopindo-nos de Merchandisings, Fazendas, BBB's e programas cada vez mais indecentes e débeis só temos a perder.

Anônimo disse...

Até ler os comentários desse blog vale a pena.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails