11 de fev de 2011

Volkswagen BlueMotion: Não basta só falar, tem que fazer

Vi nesta semana no Ads of the World uma série de anúncios bastante interessante da VW. Vejam:
Volkswagen BlueMotion: Save the Vaal Environment
"Save the Vaal Environment. It’s all about giving a little bit back. Eco-conscious BlueMotion technology (É tudo uma questão de doar um pouco de volta. Tecnologia Eco-consciente BlueMotion).  Clique para ver o original.

Volkswagen BlueMotion: Harvest of Hope
"Harvest of Hope". Clique para ver o original.

Volkswagen BlueMotion: Mveledzo Community Organisation
"Mveledzo Community Organisation". Clique para ver o original.

Volkswagen BlueMotion: Dyer Island Conservation Trust
"Dyer Island Conservation Trust". Clique para ver o original.

Ficha técnica:
Agência: Ogilvy, Cape Town, South Africa
Diretor Criativo: Chris Gotz
Diretor de Arte: Prabashan G. Pather
Redator: Sanjiv Mistry
Gerenciamento de Conta: Lauren Baker, Jason Yankelowitz, Greg Tebbutt
Publicada em: October 2010

A ideia é mais simples do que parece:o BlueMotion foi concebido como um carro popular mais ecologicamente correto, para aproximar os carros que já existem dos protótipos que a gente nunca vê nas ruas. Para a campanha impressa, a agência sugeriu à empresa investir mais na causa ambiental, doando uma parte do seu anúncio para ONGs pequenas que não teriam condições de anunciar no mesmo veículo. As ONGs são beneficiadas com espaço pra divulgar seu trabalho, enquanto o BlueMotion se afirma como uma marca que não só fala, mas também toma alguma ação.
Mas aí você pode pensar: "puxa, mas assim não dá pra ver o carro", ou ainda "ah, mas isso é oportunismo". Acredito que colocar o anúncio sobre o carro passa melhor a ideia de doação, e nenhum grande detalhe é oculto; além disso, pense na dificuldade que uma ONG brasileira teria para fazer um anúncio na contracapa da Veja ou outra grande revista. Parabéns à VW e à Ogilvy sulafricana pela ideia - e principalmente, pela ação.

4 comentários:

Murilo disse...

Precisa ver se as pessoas de fato leem os anúncios das ONGs. Por que oportuno a peça da VW é, basta ver o slogan do carro. =P

Natália Albertini disse...

Pois é, achei uma iniciativa bem massa, mas, como o Murilo disse, não sabemos se os anúncios das ONGs são lidos.
De qualquer forma, mesmo que seja oportunismo, já é um grande passo. É claro que se a intenção for pura, a ação é ainda melhor, mas imagine só se mais empresas começassem a fazer isso, ainda que só pelo oportunismo? Talvez a situação melhorasse bastante.

Conceição disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Conceição disse...

Essa campanha, assim como a do GrupoOn do post seguinte, tem essa característica dúbia. Mas a VW amarra a doação do espaço do anúncio ao seu conceito de carro eco-consciente de uma maneira mais pertinente q o GrupOn, q, na verdade, em sua ironia, despolitiza a questão do Tibete, transformando-a em mais uma "fun story".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails