12 de jul de 2011

Outdoor de plantas absorve CO2 nas Filipinas



[Que tal divulgar sua marca e, ao mesmo tempo, contribuir para o combate ao aquecimento global? Essa foi a “sacada publicitária” da Coca-Cola, em parceria com a ONG WWF – World Wildlife Fund, que recentemente colocou um outdoor vivo no cruzamento de duas movimentadas avenidas da cidade de Makati, nas Filipinas.

O cartaz publicitário forma a imagem de uma garrafa de Coca-Cola utilizando, apenas, mudas de Fukien, uma planta – mais conhecida como Carmona, no Brasil – capaz de absorver poluição atmosférica e, assim, diminuir a quantidade de CO2 no ar.][De acordo com a multinacional, cada mudinha de Fukien é capaz de “sugar”, anualmente, 6 kg de CO2 da região onde está plantada. Sendo assim, o outdoor, feito com cerca de 3.600 mudas, poderia absorver 21.600 kg de dióxido de carbono da atmosfera em 12 meses.

A iniciativa, claro, é apenas simbólica e não tem a pretensão de acabar com o aquecimento global – nem poderia, se levarmos em conta que um único carro emite, anualmente, 3 mil kg de CO2, segundo estimativas do Instituto Ecoar. A ideia da Coca-Cola é fazer com que as pessoas olhem para o outdoor vivo e – além de sentir vontade de consumir a bebida, claro – reflitam sobre o problema das mudanças climáticas no mundo e pensem em maneiras de ajudar a combater o fenômeno.

A ação faz parte do programa Live Positively, da multinacional, que desde 2008 promove atividades de combate às mudanças climáticas e, também, manejo responsável de águavale dizer que a irrigação do outdoor – necessária para manter vivas as mudas, que foram plantadas em garrafas PET usadas – é feita a partir de sistema que economiza água e, ainda, libera fertilizante orgânico para as Carmonas.

Por enquanto, a Coca-Cola não demonstrou nenhum sinal de que a iniciativa do outdoor vivo será implantada em outros países. Mas o que você acharia, caso a ideia se alastrasse pelo mundo? O outdoor vivo é uma boa forma de fazer publicidade, em um planeta que caminha para o desenvolvimento sustentável?]


----
Notícia publicada por Débora Spitzcovsky no dia 06/07/2011 no Planeta Sustentável
Link

2 comentários:

Paula disse...

Se essa ação se repetisse pelo mundo não seria algo ruim,mas será que teria a mesma repercussão se a WWF estivesse sozinha?Será que a Coca-Cola entrou nessa só pela divulgação ou realmente acredita nesse tipo de ação?Fiquei na dúvida

Patricia P disse...

Concordo. mas ainda assim foi uma grande sacada!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails