3 de set de 2009

DM9DDB e WWF pedem desculpas pela campanha que compara o Tsunami ao 11/9

A campanha criada pela DM9DDB para WWF (leia e assista aqui) e que compara as vítimas do 11 de setembro nos EUA às vítimas do Tsunami de 2005 é o imbróglio da vez no mundo da propaganda.

A criação e aprovação da peça pode até ter sido uma "desatenção" de agência e do cliente. Mas o fato de a campanha ter sido inscrita no Festival de Cannes e no One Show demonstra o quanto a sede por prêmios, às vezes, pode atropelar a responsabilidade de uma agência.

Mas nunca é tarde para se assumir os erros, e, depois de a rede americana NBC ter feito um quadro criticando a campanha ("As Piores Pessoas do Mundo" - veja aqui), e outros grandes como AdAge (aqui), NYTimes (aqui), Huffington Post, entre outros veículos terem comentado o caso, DM9 e WWF vieram a público se desculpar pelo anúncio cujo texto diz que "O tsunami matou 100 vezes mais pessoas que o 11/9".
A ONG teria condenado a peça, e ela não teria sido aprovada, segundo matéria do AdAge.

A DM9DDB se posicionou sobre o assunto, por meio de comunicado: "O anúncio Tsunami criado para a WWF Brasil foi criado, aprovado e veiculado em dezembro de 2008. A agência pede desculpa a todos que foram afetados ou ofendidos com o anúncio. Este anúncio nunca deveria ter sido feito e não retrata a filosofia desta agência." Dados retirados do site do CCSP.

Comunicado na íntegra:

"A WWF-Brasil e a DDB Brasil manifestam conjuntamente seu pesar pelo lamentável incidente envolvendo o anúncio Tsunami veiculado localmente no Brasil.

Este anúncio não expressa o pensamento nem do cliente nem da sua agência de propaganda. Ele foi criado e aprovado no final de 2008, equivocadamente. Fruto somente da inexperiência de alguns profissionais envolvidos em ambas as partes. E não de má fé ou desrespeito ao sofrimento americano.

Assim que tal equívoco foi percebido, rapidamente agência e cliente decidiram pela suspensão imediata da divulgação deste anúncio, tendo ele sido veiculado apenas uma única vez em um jornal local.

No entanto, inadvertidamente este anúncio foi submetido a uma competição de propaganda internacional, passando a fazer parte da memória deste festival na internet, de onde foi resgatado nas últimas horas causando todo este mal estar. A agência já solicitou a retirada imediata deste anúncio desta ou de qualquer outra premiação.

WWF-Brasil e DDB Brasil reafirmam que tal anúncio jamais deveria ter sido criado, aprovado ou veiculado. E lamentam o ocorrido, reiterando pedido de desculpas a todos que se sentiram ofendidos.

Nos últimos 3 anos, temos trabalhado juntos para mobilizar pessoas, esforços e recursos em prol da causa ambiental. Um erro pontual não ofuscará sucessos passados, nem impedirá os futuros.

DDB Brasil
WWF-Brasil"




3 comentários:

Murilo disse...

Hoje de tarde eu vi que tinham inscrito, mas não vi depois que voltaram atrás. Bom senso é uma benção.

Abraço, Con.

Vitório Tomaz disse...

A carta deles parece bem intecionada, será que é a história de verdade?

Régis disse...

Nas aulas de Planejamento de Campanha Publicitária na PUC-SP, me lembro de um texto que dizia: "quando não se tem verba suficiente pra uma campanha longa, deve-se investir em uma peça de alto impacto sobre os consumidores, para que seja comentada pelos mesmos, inclusive depois do fim de sua veiculação."

Parece que alguém na DM9DDB andou lendo essa cartilha também. Deu certo.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails