19 de set de 2010

Famosos na Política

Este post é de autoria do Luiz Fernando Severo Santos.

Falar de política não é fácil, há aqueles que usam o velho bordão “política e futebol não se discute” para sustentar suas opiniões. Há os que seguem fanaticamente seu candidato e não estão abertos ao diálogo e, claro, há ainda aqueles que não se interessam pela política, mas vamos refletir... Como não falar de representantes que elegemos e por obrigação devem ser responsáveis e estarem cientes de que a população precisa deles tanto quanto eles precisam dos cidadãos para se elegerem? Nesta eleição de 2010 apareceram vários candidatos que através da mídia conseguiram sua fama e através da sua imagem pública querem ser eleitos, e é disso que vamos falar: a febre dos “candidatos celebridades” se encontra principalmente nos estados Rio de Janeiro e São Paulo, e inclui “mulheres frutas” concorrendo a Deputada, ex- apresentador de programa de televisão (Netinho que já foi vereador de São Paulo), cantor de grupo Pop (Kiko do grupo KLB), e claro, Tiririca com seu bordão “Pior do que está não fica”.

Não vou entrar no mérito se algum destes candidatos é um candidato sério com ideais e perspectivas que poderiam de fato contribuir para a política brasileira, pois a maioria parece não diferir muito dos nossos atuais representantes, mas o mínimo que poderia ser feito é a desvinculação da imagem pública na candidatura, afinal, não queremos cantor, dançarina, apresentador ou humorista no Senado ou Câmara dos deputados, ou para qualquer cargo de responsabilidade pública, queremos pessoas sérias e comprometidas com a melhoria de uma nação.

A mensagem que fica é se nos vamos assistir a mais este uso deturpado do que é democracia, onde todos podem fazer o que querem com o bordão de que o Brasil é livre! Não foi por esta democracia que lutamos, esse sistema que virou uma bagunça pelo mau uso da liberdade do “poder fazer”. Reflita e pense se você vai eleger um personagem do show business para reger o Estado, porque um país que passou por ditaduras e repressões sabe que pior que está, fica sim.

4 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria de ressaltar que o candidato Netinho de Paula já teve alguns problemas com a justiça brasileira: confessou ter agredido sua esposa e protagonizou um dos episódios mais escandalosos da tv nacional, a agressão contra o repórter Rodrigo Scarpa, o Vesgo do pragrama Pânico na TV, veja o vídeo(www.youtube.com/watch?v=z4IZAONS3BQ). Netinho, na época, alegou que Scarpa realizou chacotas racistas( o que não é verdade) e em discursso disse: "Sentei a mão no vesgo e vou enfiar quantas vezes for preciso" e foi aplaudido por meia dúzia de imbecis presentes na entrega do Prêmio Raça negra em 2005 na Sala São Paulo. O descontrole do indivíduo é gritante. Todos sabemos o conteúdo das piadas do programa pânico e por isso mesmo não devemos levá-las a sério por se tratar de um programa de humor. NÃO HOUVE EXAGERO DA PARTE DE SCARPA, MAS SIM DA PARTE DO AGRESSOR NETINHO DE PAULA.

Anônimo disse...

É só ler isso aqui!
http://www1.folha.uol.com.br/poder/804838-netinho-ja-tinha-batido-em-mulher-antes-de-agredir-ex.shtml

Luiz Fernando disse...

Concordo plenamente, é por isso que demovemos olha fielmente para o passado de nosso atuais e futuros representantes e não nos deixar iludir por personagens que dizem "Sou do povo".

Raphael Maestro disse...

Concordo Plenamente com vocês. Ainda bem que o Netinho não se elegeu. Isso mostra que o povo não se deixa enganar por um indivíduo descontrolado e que tenta se mostrar como alguém do povo, como um representante do povo em um programa de tv onde realiza "boas ações" para alguns cidadãos em situação lamentável. Ponto positivo para o povo que não votou nele. E negativo para quem votou, pois indivíduos violentos geralmente não suportam bem as criticas pesadas da mídia e acabam por tentar censurar as informações desfavoráveis.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails