4 de out de 2009

Propaganda indireta. O que é?




Em abril deste ano entrou em cartaz em Paris o filme Coco avant Chanel. O filme estreiou, mas o cartaz não. Eu explico: a empresa que administra e controla a publicidade nos transportes, em cumprimento à lei antitabaco, vetou os cartazes afirmando que o fato da protagonista, a atriz Audrey Tautou, aparecer segurando um cigarro no cartaz faria alusão a uma propaganda indireta ao tabagismo. Dos 5.800 cartazes encomendados para serem distribuidos pela França, 1.100 que seriam destinados ao metrô e aos ônibus de Paris foram substituídos.


Não tenho uma opinião formada sobre o assunto. Entendo que a imagem pode sim propagar o consumo do cigarro, mas ao mesmo tempo acho que há nessa ação certo radicalismo, pois pelo pouco que li sobre a história da estilista, faria sentido colocá-la fumando um cigarro. Não sei até que ponto a censura do cartaz realmente colabora ou prejudica a publicidade e sua interferência na sociedade. Como controlar e entender uma propaganda indireta? O que pensam sobre isso? Se tiverem algum texto que trate sobre o assunto, gostaria de conhecê-lo, por favor façam a propaganda direta dele.

4 comentários:

Sobre disse...

Bom, penso que propaganda indireta é aquela que de maneira implícita divulga um produto ou ideia que não é o objetivo principal do anúncio. Acho até que é algo tão óbvio que não se discute o que é. Nesse caso em particular, penso que foi um ato ignorante vetar a veiculação dos cartazes. Tem que se considerar o conteúdo e o contexto deste conteúdo que o anúncio está transmitindo. O anúncio pretende divulgar o filme de uma famosa estilista que tem a imagem muito associada ao cigarro. É uma forma de destacar uma característica marcante dela numa época em que cigarro e moda representavam glamour, poder, ousadia que eram qualidades muito valorizadas. Todos sabem os males que o cigarro causa e ainda assim ele não é totalmente proíbido porque existe uma indústria forte por trás. Então a propaganda se torna um alvo fácil. Já se tornou comum atacar a propaganda pela impossibilidade ou receio, sei lá o que, de atingir os reais responsáveis, poderosos industriais monopolizadores da riqueza e do poder. Desse jeito vão acabar proibindo o Popeye de fumar seu cachimbo.

Sobre disse...

Aproveitando o ensejo. Depois de ler tanta coisa que desperta a vontade de escrever, de opinar e de divulgar minha opinião a quem interessar decidi fazer um blog SobreTudo para tratar de tudo que me interessar em leituras ou em situações e que me despertar a vontade ed escrever. Quem se interessar o endereço é http://sobreissoeaquilosobretudo.blogspot.com/. Como acabei de fazer ainda não tem muita coisa apenas comentários. Gostaria que opinassem ou seugerissem algo interessante.

Rafael disse...

Será que isso não é a mesma coisa que dizer que as pessoas vão cometer homicídios apóes assistirem "Jogos mortais X+1" ?
Sinceramente, acho que isso rende vasta discussão. Principalmente por conta da linha tênue que tem separado Cinema e PP.

Murilo disse...

Não há bom senso.

ueeuhe, abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails