1 de mar de 2011

Mudanças já: campanha de cosmético inova ao fazer da marca a própria mensagem

Este texto é de autoria do Luiz Fernando Severo Santos e Conceição Golobovante

No Brasil, estamos acostumados a apenas ter Natura como exemplo de empresa do segmento de cosmético com apelo sustentável. Mas agora, eis que surge uma marca que carrega no próprio nome a procupação ecológica: Stop the water while you using me (Pare o consumo de água enquanto me usa).

O filme ainda não está no You Tube, portanto, não dá pra postar o video direto. É preciso clicar no aqui para assistir ao video. Mas a gente garante que vale a pena.

O minimalismo marca o comercial, que tem apenas trilha e traços em movimento com letterings que informam os diferenciais da fabricação do produto e sua preocupação ecológica. Este case nos faz refletir sobre o quanto podemos poupar água e melhorar seu uso. Trata-se de um alerta de reciprocidade de atos para que se erradique o desperdício de água, tanto por parte da empresa de cosmético quanto do consumidor.

O slogan “Stop the water while using me” (pare a água enquanto me usa) e o texto ao longo do comercial reforça a ideia de mudanças que todos precisamos fazer para que o mundo não caminhe para extinçãoda água potável provocada por nós mesmos.

O texto Crises e Oportunidades, no item “Resgatar a capacidade de gestão pública” trata justamente desta tarefa um tanto árdua que temos de superar, com a substituição da cultura do desperdício de bens naturais por iniciativas inovadoras, como este comercial, ou nem tanto, como fechar a torneira enquanto se escova os dentes.

Mudanças em larga escala só devem acontecer com uma participação significativa do Estado, planejando, executando e informando, mas no nível individual o bom senso faz toda a diferença. Podemos e devemos usá-lo como uma das principais armas contra este velho e mau costume, pois como descreve o texto crises e oportunidades, “a única pergunta realista é se queremos pagar um preço menor agora, ou muito maior mais à frente”. No caso dessa marca, sua inovação fica por conta de trazer no próprio nome da marca a sua mensagm principal. O filme ainda não está no You Tube, portanto, não dá pra postar o video direto. É preciso clicar no aqui para assistir ao video. Mas a gente garante que vale a pena.

Advertising Agency: Korefe, Hamburg, Germany
Creative Director:
Katrin Oeding
Illustrator:
Jan Richter
Director:
Jan Richter
Production Companies: Pixelbutik, Tony Petersen Film

5 comentários:

Murilo disse...

Gostei. A marca é diferente. Não usa cores radioativas, tem um nome longo e pouco sonóro e embalagens simplistas, sem exlosões e fotos, como preza o bom design.

Só espero que não pratique preços exorbitantes.

cleberbinhocorpotamentos disse...

ola passando aqui pra comentar
e dizer que seu blog ta muito bom parabens
estou te seguindo ra
se quiser me seguir agradeço
http://cleberbinhocomportamentos.blogspot.com/

Paula disse...

Mto bom....um jeito criativo e simples de expressar a ideia sem soar como um eco chato....bem interessante

Paula disse...

Mto bom....um jeito criativo e simples de expressar a ideia sem soar como um eco chato....bem interessante

Luiz Fernando disse...

e o melhor, hj, eu mesmo me peguei no ato falho, estava me barbeando, quando pensei, "stop the water while using me" é exatemente nestas pequenas atitudes q temos q evoluir...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails