26 de jun de 2009

Que pena que o Rei é mais importante

Estes dias estavas prestes a escrever um texto criticando a mídia por fazer uma cobertura excessiva do que está acontecendo no Irã e no resgate do vôo Francês, ao invés de contribuir com uma função primordial que é a de informar sobre o que vem ocorrendo no dia-a-dia, como por exemplo os problemas na USP, que só aparecem quando eles causam algum transito, ou mesmo a gripe suína, que simplesmente sumiu dos noticiários.

Estava prestes a escrever e não escreverei, por que vi que eles podem fazer bem pior que isto. Hoje assisti o Jornal da Globo, aquele que passa depois das 23h30, destinado a uma galera um pouco mais instruída, que tecnicamente se interessa pelo que acontece no mundo.

O mesmo jornal que simplesmente esqueceu que existe o Irã, Gripe Suína, Bolsa de Valores, Crise Ecônomica, Voô Francês, USP e o que mais puderem imaginar de relevante no mundo. Iraque, e Afeganistão então é miséria pouca, e como já dizia Rita Lee, miséria pouca é bobagem.

O tema da noite foi o Michael Jackson, pessoalmente, não acho que ele não tenha importância, tem sim, e muita, mas não tanta, só quem não percebe isto é a mídia do espetáculo. Que serve mais para desmobilizar que qualquer outra coisa.

Enquanto isto, fiquem com este vídeo, mostra um pouco do Irã nestes dias:




1 comentários:

Boyrá Comunicação disse...

entende o tal do quarto poder, que acha q pode fazer td....é este ai, que escolhe o que queremos ver, ouvir e viver

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails