9 de jul de 2009

Nova Mobilização do Avaaz - Dois graus

Recebi este e-mail do Avaaz, que considero de vital importância, por isto estou publicando aqui no Publizitat e no Sustentabilizando, que é outro blog que escrevo.
Leiam e concordando assinem, se puderem ajudem a divulgar por e-mail e em seus blogs. Lembrem se que o encontro do G8+5 já começou, é essencial sermos o mais ágil possível.
Segue o e-mail:
Amigos,
A meta do G8 para conter o aquecimento global poderá ir por água abaixo se o Canadá, Rússia e Japão insistirem em bloquear o acordo de manter o aquecimento abaixo de 2 graus Celsius.
Através de ações de visibilidade e reuniões com delegações governamentais, a Avaaz levará a voz global para o encontro desta semana na Itália, pedindo compromissos climáticos fortes:
Assine a petiçãoTemos poucos meses para chegar a um novo tratado global contras as mudanças climáticas. Só assim poderemos prevenir uma catástrofe climática gerada pelo aquecimento de mais de 2 graus Celsius. Esta semana no encontro do G8+5 na Itália, o Canadá, Japão e Rússia estão tentando vetar um acordo para limitar o aquecimento em 2 graus Celsius, por isso precisamos de uma mobilização global rápida para resgatar as negociações.
Clique abaixo para assinar a petição global, que será entregue pela equipe da Avaaz na Itália diretamente para as lideranças globais através de ações de visibilidade e reuniões com os delegados. Somente envergonhando publicamente os países que estão boicotando as negociações, gerando atenção da mídia, poderemos pressioná-los a rever sua posição. Para garantir um impacto precisamos de pelo menos 100.000 assinaturas – clique para assinar:
http://www.avaaz.org/po/tcktcktck
Os cientistas concordam que se houver um aquecimento de mais de 2 graus Celsius haverá um descontrole dos sistemas climáticos globais – com o aumento de secas, inundações repentinas e o aumento to nível do mar, gerando a disseminação da pobreza e o êxodo de centenas de milhões de pessoas.
Os efeitos climáticos já começaram, mas nós ainda podemos prevenir o pior se os encontros da ONU deste ano tiverem sucesso em chegar a um acordo sobre o novo tratado climático global. As negociações da ONU, culminando no encontro de Copenhague daqui a seis meses poderão definir uma guinada histórica em direção as fontes energéticas renováveis e uma reconstrução econômica baseada na sustentabilidade, deixando assim um futuro seguro para as próximas gerações. Porém, alguns países liderados pelo Canadá, Rússia e Japão, têm barrado as negociações, colocando em risco o tratado climático que irá substituir o Protocolo de Quioto.
Os líderes do G8, junto com outros 11 chefes de estado no encontro paralelo dos “Maiores Emissores”, representam 80% das emissões dos gases de efeito estufa do planeta. E este será o último encontro dos chefes de estado em pessoa antes da negociação final em Copenhague.
Nós sambemos que a pressão de última hora pode afetar as negociações internacionais. Membros da Avaaz e outros grupos da sociedade civil conseguiram influenciar a posição do Canadá e Japão nos momentos finais do encontro climático da ONU em Bali em 2007. No encontro do G8 em Gleneagles em 2005, grupos conseguiram a promessa da duplicação da ajuda humanitária para a África. O Stephen Harper do Canadá e Taro Aso do Japão, assim como outras lideranças, terão eleições nas próximas semanas e meses – por isso eles não vão querer ser envergonhados publicamente durante o encontro. Assine a petição e encaminhe para seus amigos e familiares, nos ajude a resgatar as metas climáticas:
http://www.avaaz.org/po/tcktcktck
De tempos em tempos na história, forças são unidas para gerar mudanças fundamentais na sociedade global. Este pode ser um destes momentos. Se conseguirmos aproveitar o encontro para fazer deste ano o começo da reconstrução das nossas economias reconstruindo a nossa relação com os ecossistemas frágeis dos quais tanto dependemos – nós deixaremos para os nossos netos um legado gravado na abundância das florestas e as correntes do mar.
O futuro da humanidade depende das decisões tomadas por todos nós, nas nossas vidas privadas e na nossa participação política. Juntos podemos determinar o futuro que queremos.
Com esperança, Ben, Taren, Iain, Graziela, Alice W, Luis, Ricken, Pascal, Paula, Paul, Brett, Milena, Margaret, Alice, Raluca, Raj e toda a equipe Avaaz.

1 comentários:

Conceição disse...

Já assinei. E embreve, passarei para a lista do Publizitat o abaixo-assinado a favor do Lucio Flavio Pinto.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails