31 de jul de 2009

Quem quer dinheiro?


Oito da matina e nada de conseguir dormir. Falhei em pegar no sono lendo um trecho de Ano Um, acabei ligando a TV pensando que seria uma boa para pregar os olhos. Péssima ideia.

O Sistema Brasileiro de Televisão fez sua fama nas décadas passadas pela sua programação popular de muito mal gosto, sempre com o forte apelo ao fácil dinheiro em prêmios. Mas sempre imaginei que o 'Quem quer dinheiro?' se limitava aos finais de Domingo e que era direcionado ao público maduro, fiél ao ícone que é o sr. Abravanel. Infelizmente, pelo que percebi, estava errado.


Pertencentes à programação matinal da emissora, e voltados ao público infantil, os programas 'Carrossel Animado' e 'Bom Dia e Cia' possuem o mesmo formato. Apresentadores mirins anunciam desenhos animados e interagem com os telespectadores por meio de jogos recreativos que valem prêmios. Os prêmios oferecidos variam entre brinquedos de baixo valor comercial à consoles da última geração de video games e computadores.

Essa semana, entretanto, a direção do programa resolveu substituir o Nintendo Wii da roleta de prêmios, dando às várias crianças que ligam para participar ao vivo a pequena chance de receber em casa seu brinquedo favorito, um cheque no valor de mil reais.

Não sei se há alguma lei que restrinja prêmios em dinheiro para crianças pequenas, mas se brindes em lanches do McDonalds levam pequenos à mal hábitos alimentares, cheques de mil reais levam pais à passarem as manhãs assistindo televisão com seus filhos.

4 comentários:

Lia Lupilo disse...

não é uma boa influência, de fato.
isso ensina crianças a ganhar dinheiro fácil, além de criar uma relação estranha com a televisão - paternalista, se é possível dizer assim. o que a impedirá mais para a frente de ter visão crítica sobre ela e os programas.
é como um político que quer ter votos, deveia ser proibido - se não o é! advgados, por favor?

Lucas Israel disse...

Ah, o SBT (ou "esse besteira") é um canalzinho bem porco. Seu auge se passou no fim da década de 90 quando o canal possuía contrato com a fórmula indy, jô soares, marília gabriela, e outras pessoas de mais garbo na programação. Hoje não passa de um bando de desesperados sem dinheiro tentando limitar o crescimento da Record (financiada pelo crápula do Edir Macedo) e fazendo sensacionalismo barato e fazendo programas pras classes D e E. Jajá o canal vai à falência, como foi a Manchete. E se tudo der certo a Record também.

Nos canais abertos, só nos resta a cultura, e olhe lá

Lucas Israel disse...

deesculpe pelo excesso de "E" no texto ¬¬'

Vitório Tomaz disse...

Putz... é meio nojento isto deles, parece que responsabilidae só surge em momentos de bonança, durante a guerra vale qualquer coisa.

Posso estar errado, mas acho que as coisas tendem a piorar nos próximos anos.

Álias, sei que num tem muito a ver, mas veja se a Novela Mutantes com alusões satãnicas em um programa onde o dono se diz crtião.

É o espetáculo...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails