28 de mai de 2009

Video da Anistia Internacional sobre Direitos Humanos



Para entender o Brasil de hoje uma das melhores referências é o Relatório Anual da ONG Anistia Internacional. Hoje há noticias em todos os jornais e grandes portais sobre o assunto.

Em entrevista ao UOL Notícias, o coordenador da Anistia Internacional para assuntos brasileiros, o britânico Tim Cahill, afirma que "existe um conceito infeliz no Brasil que é que os direitos humanos só defendem bandidos".
Para Cahill, esse conceito de que só "bandidos" são beneficiados "é popularizado e utilizado por pessoas que tem interesse em mantê-lo". Com isso, várias ações governamentais no Brasil acabam sendo executadas para satisfazer àqueles que não acreditam nos direitos humanos.

"Isso ajuda na justificação de adotar políticas de comportamento repressivo, como as megaoperações no Rio de Janeiro ou a ideia de que os índios ameaçam os interesses econômicos do Mato Grosso do Sul", diz Cahill. "Se a população percebesse que se todos tivéssemos os direitos humanos garantidos, a economia e a segurança, por exemplo, seriam melhoradas", completa.

O mundo está caminhando sobre um rastilho "de desigualdade, injustiça e insegurança, a ponto de explodir", advertiu a Anistia Internacional, destacando que a crise não é apenas econômica, é também de direitos humanos.
Números da "crise" segundo a Anistia Internacional
• 81 países...
...restringem a liberdade de expressão
• 78% das execuções...
...ocorreram em países do G-20
• 27 países...
...negaram asilo a pessoas que poderiam morrer se voltassem para casa
• Em 47% dos países do G-20...
...pessoas passaram por julgamentos injustos

5 comentários:

Vitório Tomaz disse...

Hoje de manhã estava lendo um texto comentando um aforismo da Sociedade do Espetáculo sobre desinformação, o texto dizia que em cima da idéia da sociedade do espetáculo, a desinformação, uma vez divulgada, torna a verdade algo inalcançavel.

Pensei que este poderia ser o tema do próximo evento do Publizitat, e por que não ter alguém da Anistia?

Conceição disse...

Acho ótima idéia Vitório. De novo, reforço a importância de o grupo se proximar do Direito, no caso de se fazer um evento. A publicização do relatório da Anistia poderia ser uma questão.

Rafael Figueiredo disse...

Por coincidência, quando comecei a ler o post, estava ouvindo a extinta banda goiana Violins. A música que tocava se chama "Missão de paz da África", acho que ela define bem as prioridades de muitos.
Tem ainda, dentre várias outras músicas, "O anti-herói (parte 1)" e "Grupo de extermínio de aberrações".

Caren disse...

Enquanto houver "Datenas","Ratinhos" Geraldo's Luis" da vida,e afins,a verdadeira função dos direitos humanos sempre será distorcida.

Boyrá Comunicação disse...

Vi...divulga O Jogo da Cidadania - Versão curta..por favor!
beijos e valew

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails